Vendas de Discos de Vinil devem superar CDs pela primeira vez em 33 anos
10/09/2019 16:21 em Novidades

As pesquisas da RIAA (Associação Americana da Indústria de Gravações) vêm mostrando, nos últimos anos, uma tendência de crescimento de venda dos discos de vinil em oposição a uma queda constante e rápida da venda de CDs.

O mercado parece concordar com isso e uma pesquisa de meio do ano, lançada na última quinta-feira (5) pela associação, mostrou que o faturamento do vinil encurtou a distância em relação ao dos CDs, chegando a U$224,1 milhões (em 8,6 milhões de unidades de vinil) contra U$247,9 milhões (em 18,6 milhões de unidades de CDs).Sendo assim, de acordo com o Jornal O Globo, se essa tendência for mantida, os bolachões ultrapassariam os disquinhos ainda em 2019, quebrando uma marca histórica que vem desde 1986.

Formatos físicos e o Mercado da Música

Vale ressaltar que esses valores somados representam apenas 4% do faturamento total da primeira metade de 2019. Os serviços pagos de streaming, como as versões premium do Spotify e do Apple Music, seguem liderando com folga com uma fatia de cerca de 62% dessa indústria.

Ainda assim, a venda de discos de vinil cresceu 12,8% na segunda metade de 2018 e mais 12,9% nos primeiros seis meses deste ano. Esses números corroboram com os estudos que indicaram que a venda de CDs está caindo três vezes mais rápido do que os LPs estão crescendo

FONTE: Tenho Mais Discos que Amigos

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE